,

“A imprensa sabia de tudo e fica nessa demagogia”, disse Odebrecht

O dono do Brasil, Emílio Odebrecht, disse que está incomodado com a gritaria que a grande imprensa (Globo, Record, SBT, Band, Folha, Veja) faz sobre as denúncias dos esquemas de corrupção envolvendo políticos e empresários.

Emílio, o homem que dominava o país, classificou como demagógica e exagerada a cobertura jornalística dos meios de comunicação.

“O que me surpreende é quando vejo todos esses poderes, até a imprensa, todos [agindo] realmente como se fosse uma surpresa. Me incomoda isso. Não exime em nada nossa responsabilidade. Não exime em nada nossa benevolência. Não exime em nada que nós praticamente passamos a olhar isso com normalidade. Porque em 30 anos, é difícil não ver isso como normalidade”, disse o pai de Marcelo Odebrecht.

Ele ainda foi mais longe e jogou na cara de todos os brasileiros o quanto o país é composto por gente que não pensa e não age, sendo bovinamente conduzida de um lado para outro pela grande mídia.

“O que me entristece (…) é que a imprensa toda sabia que efetivamente o que acontecia era isso. Por que agora estão fazendo tudo isso? Por que não fizeram há 10 ou 15 anos atrás? Porque tudo isso acontece há 30 anos!”, afirmou o empresário.

Nos 30 anos de exploração corrupta por parte de empresários e políticos a imprensa soube ocultar tudo que poderia prejudicar suas verbas polpudas com publicidade e fez vista grossa para o jogo sujo que estava sendo articulado nas entranhas dos governos. Era uma farra generalizada.

#Globo, #Record, #SBT, #Band e outras de menor porte, assim como os jornais de grande circulação no país ignoraram de forma dissimulada o interesse público e deram privilégios aos seus patrocinadores negando o fiel exercício da profissão e o compromisso com a opinião pública.

Não é à toa que desesperadamente as grandes corporações abriram guerra contra os veículos de mídia independentes. Tentaram criar um alarde, um descrédito, como forma de proteção para não fazerem a mea culpa com tudo que aconteceu, acontece e acontecerá ao Brasil.

Conluios, conchavos, acordos escusos, patrimonialismo, tudo isso acontecendo em larga escala aos olhos de todos e ninguém viu?

Blogueiros, editores e escritores foram calados, silenciados, processados e até mesmo mortos por denunciarem escândalos de corrupção.

A surpresa da imprensa é hipócrita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *