,

A lista dos 40 traidores do Brasil

A rejeição do relatório que pedia a aceitação da denúncia contra o presidente da República Michel Temer contou com 40 votos na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

Veja abaixo quem são os traidores da justiça:

Alceu Moreira (PMDB-RS)

Andre Moura (PSC-SE)

Antonio Bulhões (PRB-SP)

Arthur Lira (PP-AL)

Beto Mansur (PRB-SP)

Bilac Pinto (PR-MG)

Carlos Bezerra (PMDB-MT)

Carlos Marun (PMDB-MS)

Carlos Melles (DEM-MG)

Cleber Verde (PRB-MA)

Cristiane Brasil (PTB-RJ)

Daniel Vilela (PMDB-GO)

Danilo Forte (PSB-CE)

Darcisio Perondi (PMDB-RS)

Delegado Éder Mauro (PSD-PA)

Domingos Neto (PSD-CE)

Edio Lopes (PR-RR)

Elizeu Dionizio (PSDB-MS)

Evandro Gussi (PV-SP)

Evandro Roman (PSD-PR)

Fabio Garcia (PSB-MT)

Fausto Pinato (PP-SP)

Genecias Noronha (SD-CE)

Hildo Rocha (PMDB-MA)

José Carlos Aleluia (DEM-BA)

Juscelino Filho (DEM-MA)

Laerte Bessa (PR-DF)

Luiz Fernando Faria (PP-MG)

Magda Mofatto (PR-GO)

Maia Filho (PP-PI)

Marcelo Aro (PHS-MG)

Milton Monti (PR-SP)

Nelson Marquezelli (PTB-SP)

Paes Landim (PTB-PI)

Paulo Abi-ackel (PSDB-MG)

Paulo Maluf (PP-SP)

Rogério Rosso (PSD-DF)

Ronaldo Fonseca (PROS-DF)

Thiago Peixoto (PSD-GO)

Toninho Pinheiro (PP-MG)

Há denúncia de que o presidente Michel Temer tenha dado cargos e liberado verbas que podem ter chegado até R$ 8 milhões para obtenção de votos na CCJ, o que pode ser considerado obstrução da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *