,

A morte do dólar: você está preparado para o que vem pela frente?

O Brasil precisa reagir urgentemente para suportar a forte turbulência que o mercado financeiro vislumbra em um horizonte próximo.

Keith Neumeyer, presidente da maior empresa de mineração de prata do mundo, a First Majestic Silver, está em curso a maior movimentação financeira para colocar o dólar no chão. A iniciativa da China, Rússia, Venezuela e o Irã começaram a comercializar comoddities em Yuan, Rublos e ouro.

Neumeyer chama a atenção para a crescente guerra monetária global que está provocando aumento de preços significativos em diversos ativos.

A manipulação dos mercados de commodities por forças secretas e, no entanto, muito poderosas logo chegará ao fim , e quando o faz, Neumeyer observa que o preço dos ativos-chave como o petróleo, o ouro e a prata será mais eficiente para refletir seu verdadeiro valor justo de mercado.

Na verdade, esses tempos virão e podem ser muito mais próximos do que a maioria das pessoas percebe.

Em 1988, a revista The Economist alertou, com imagens muito vívidas, que trinta anos em uma nova moeda global se elevaria das cinzas do dólar dos EUA.

 

o economista-1988

Com 2018 se aproximando rapidamente e os superpoderes no Oriente e no Oeste posicionando-se para garantir que eles tenham um assento na mesa, logo podemos testemunhar um choque sem precedentes para todos os sistemas financeiros, econômicos e monetários globais.

Porque o fato é que, para que  uma nova moeda global se eleve das cinzas do dólar dos EUA, será necessário um evento ou um conjunto de eventos que primeiro tem que queimá-lo no chão.

E, enquanto o dólar arde no chão e a confiança no sistema como um todo é abalada até o seu núcleo, o capital mudará rapidamente para ativos como ouro e prata para preservar o poder e o valor de compra.

2 Comentários

Leave a Reply
  1. Algumas premissas devem ser levadas em conta. Primeira : existe ouro e prata em quantidade suficiente para substituir o dólar ? Segunda : não se pode esquecer que os maiores volumes de ouro estão nos EEUU. Terceira : esqueceram de citar o Euro, moeda de muito mais valor, em função do PIB da União Européia, que estas citadas no artigo – moedas da China, Rússia, Iram e Venezuela. Quarta : o dólar ainda se alicerça sobre o PIB dos EEUU, sendo este na ordem de +/- 36% de PIB mundial, o que leva a concluir, que para eliminar o dólar, é necessário primeiro, diminuir em muito a produção americana. Quinto : as aplicações em dólares, de países como a China, países árabes, Brasil, etc, na ordem de vários trilhões dólares estão nos EEUU. Quem vai queimar este dinheiro ?

  2. Quando um militar ou autoridade de outro país presta continência, ele presta à sua própria bandeira hasteada no parque de bandeiras e que sempre está mais baixa do que a bandeira do território onde está o parque de bandeiras. Se não houver bandeiras do visitante ele <deve, e com o devido direito, se abster a prestar continência. A não ser que tenha dupla cidadania (que não é o caso de Bostonaro).

    Alguém acredita que esse "patriota" é candidato a presidente do BRASIL? Lambe as bolas do tío Sam, votou para congelar investimentos por 20 anos no Brasil e pra entregar o pré-sal a empresas norteamericanas. Diz que é patriota mas se sente inferior aos EUA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *