,

A ordem é indenizar o consumidor pela carne podre

Por determinação da Secretaria Nacional do Consumidor, três dos frigoríficos investigados pela Polícia Federal na Operação Carne Fraca terão um período de cinco dias para fazer um recall de todas as carnes vendidas que ainda estejam em circulação.

Esses produtos devem ser recolhidos e os consumidores, reembolsados ao devolverem o alimento para o estabelecimento onde efetuaram a compra.

As empresas Souza Ramos, Transmeat e Peccin recentemente foram interditadas por decisão do Ministério da Agriculra, que enviou documentos à Secretaria.

A orientação dada é que o consumidor que adquiriu produtos das empresas citadas recorra aos departamentos de comunicação das próprias para ter mais informação sobre a qualidade e segurança das carnes que já foram vendidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *