,

Argentinos protestam e gritam: “Isto aqui não é Brasil!”

Os argentinos decidiram encarar de frente e barrar a proposta de reforma previdenciária proposta pelo presidente Macri. Milhares de argentinos saíram as ruas de Buenos Aires com bandeiras e gritos de ordem contra o governo.

Macri quer propor aos argentinos mudanças semelhantes as que o presidente Michel Temer tenta implantar no Brasil. Sem cortar privilégios na Previdência dos políticos argentinos o governo quer colocar sobre os ombros do povo a maior responsabilidade para o ajuste de contas.

A proposta de Macri revê o cálculo da aposentadoria, o que pode prejudicar 17 milhões de cidadãos argentinos. De acordo com a nova medida, para exemplificar, o próximo reajuste nos vencimentos, programado para março, cai de 12% para 5,7%.

Os argentinos reagiram com força total e aproveitaram para esculachar o Brasil.

Milhares de argentinos gritavam em coro: “Isto aqui não é Brasil!”

De longe eles acompanham o governo de Michel Temer e os escândalos da Lava Jato. Na Argentina, a reforma previdenciária não deverá passar conforme informou o Clarín.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *