,

Blocos trocam tiros no Rio de Janeiro. Isso que é festa?

A Polícia Militar do Rio de Janeiro está tendo muito trabalho para conter a onda de violência no Carnaval carioca. A bola da vez agora foram os blocos carnavalescos.

A banda Galo Méier que arrastou multidões pela avenida Dias Cruz foi encurralada, no final do desfile, por outro bloco carnavalesco, o Bate Bolos. Com cerca de 100 integrantes armados, a troca de tiros foi intensa no meio da rua.

O pânico tomou conta do local. A polícia foi acionada mais uma vez para conter a fúria dos “foliões”.

A troca de tiros ocorreu exatamente na Vila Coqueiral que fica na Rua Venceslau bem próximo ao Instituto São João Batista.

Esse é o retrato do Rio de Janeiro que a imprensa não mostra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *