,

BOMBA: Cid Gomes, Ciro Gomes e cia “espionaram” procurador do MPF

O Brasil virou tudo, menos uma República

A família Ferreira Gomes, anda correndo atrás do próprio rabo. O ex-governador do Ceará, Cid Gomes, montou um aparato em parceria com o atual governador Camilo Santana para cometer o crime de arapongagem, tendo como alvo o procurador do Ministério Público Federal Oscar Costa Filho.

O aparelho clandestino está dentro do próprio governo cearense, que usa setores para espionar a vida pessoal do procurador para promover chantagens.

Oscar Costa Filho nascido em Nova Russas, no sertão central cearense, nos 25 anos de atuação como procurador da República ele já colocou em xeque inúmeros concursos tanto em âmbito federal como estadual. A maioria, na área de educação. Não é de hoje que ele teima com o Enem. Primeiro, questionou a segurança do processo de aplicação das provas. Depois, pediu para invalidar o concurso por causa do vazamento da redação. Costa Filho já moveu ao menos 12 ações contra o Inep.

Vale a pena lembrar, que o ex-governador Cid Gomes, ocupou a pasta da educação no governo de Dilma Rousseff.

MPF prepara reação à investigação ilegal e aos ataques de Ciro Gomes ao procurador.
O procurador passou a ser espionado pelos agentes de Inteligência por apurar denúncias contra Cid Gomes.

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE), através de sua Procuradoria da República, foi alvo de investigações não autorizadas, portanto ilegais, praticadas por agentes de Inteligência do Governo do Estado em duas situações.

(as informações são do jornalista Mino Pedrosa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *