,

Brasil vai receber 700 mil refugiados

O Brasil tem mais de 25 milhões de desempregados, mais de 65 milhões de inadimplentes e nenhuma perspectiva de melhora nesse cenário pelos próximos 20 anos. Para piorar o quadro de crise interna o Ministério do Desenvolvimento Social divulgou um dado alarmante.

De acordo com o último relatório apresentado pelo MDS, o Brasil já recebeu até agora 32 mil refugiados venezuelanos. A expectativa para 2018 é que esse número alcance a incrível marca de 700 mil conforme publicado no documento.

É o caos! A quantidade de venezuelanos que buscam refugio no Brasil indica que a crise em seu país está bem longe de ter uma solução. Isso prejudica o fluxo da economia interna e colabora para aumentar a violência e a miséria.

O relatório indica que a Venezuela mergulhará num abismo social ainda mais grave em 2018. A chegada dos 700 mil venezuelanos, em 2018, provocará o estado de calamidade em Roraima.

A grave situação apontada pelo Ministério do Desenvolvimento Social está sendo vista com cautela e urgência pelas Forças Armadas.

Um Comentário

Leave a Reply
  1. Roraima, um Estado, cuja população equivale ao de uma cidade média brasileira, jamais deveria ter sido constituído como tal. Nada contra o povo de lá, afinal são nossos irmãos brasileiros, e quanto muito, o antigo Território Federal de Rio Branco, deveria ser anexado ao Estado do Amazonas. É o que sói acontecer, com apetite de políticos, querendo mais uma “boca” a mamar nas “tetas” da Federação! Gostaria de saber qual o PIB deste Estado, que expulsara anos atrás, centenas de colonos, que produziam, em detrimento da fixação dos índios naquela mesma região? Agora, fala-se na fixação de 700 mil refugiados venezuelanos, que mais que dobra a sua população! De onde eles tirarão recursos para acomodá-los? Se fossem de contingente japonês, por exemplo, seria o caso de um “investimento”, mas neste caso, recomendo a Roraima, empunhar um pires, ao Senador Jucá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *