,

Brasília será tomada pelos brasileiros. O acampamento está pronto!

Intervencionistas e brasileiros de todos os estados montam acampamento em Brasília para pedir a intervenção militar e a saída de todos os políticos do poder. As barracas serão para dar suporte aos manifestantes que garantem que não sairão de lá enquanto os militares não realizarem a intervenção constitucional.

Nos arredores do Esplanada dos Ministérios é possível encontrar diversos acampamentos montados. Haverá suporte logístico suficiente para quem for participar do ato que pede a saída de todos os políticos.

O Brasil passa por sua pior crise institucional com o comprometimento político das instituições democráticas o que culminou com o alto índice de impunidade. Ao todo são mais de 1.900 políticos envolvidos na Lava Jato. O foro privilegiado é o instrumento que impede a prisão de diversos criminosos que estão no exercício do mandato.

A falta de atitude do STF e as recentes manobras políticas engendradas pela Câmara dos deputados com apoio do Senado Federal foram o estopim para provocar e fortalecer ainda mais o pedido de uma intervenção.

Segundo organizadores do movimento pela intervenção militar não há prazo para esvaziar o acampamento em Brasília. Pode haver até mesmo a invasão do Congresso Nacional.

3 Comentários

Leave a Reply
  1. BOM DIA…PRENDER TODOS OS CORRUPTOS…CONFISCAR TUDO DOS LARÁPIOS E REVERTER PARA A SOCIEDADE…MAS NÃO É SÓ EM BRASÍLIA…É EM TODOS OS ESTADOS E EM TODOS OS MUNICÍPIOS…TEM MUITO PREFEITINHO MILIONÁRIO….PELO BRASIL A FORA….

  2. TODOS OS POLITICOS DO BRASIL MAIS EM BRASILIA E AONDE TA OS RATOS MAIORES PRENDER TODOS SOCORRO FORÇAS ARMADAS TO CHEGANDO AI GENTE JA VOU PRONTO PRA INVADIR ESTE ANTO DE PERDIÇAO CORRUPÇAO TIRAR ESSES RATOS DE ESGOTO NA PORRADA

  3. A corrupção é generalizada, em todo Brasil e em todos os setores internos das repartições públicas, até nas pequenas compras, em especial os setores de serviços prestados. É uma corrupção generalizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *