,

Canal de transposição vira piscinão com direito a fezes, urina e comércio ambulante

Comércio ambulante, venda de barracas e tudo mais no local

O canal de transposição do Rio São Francisco já é apelidada como “piscinão do Lula” por quem utiliza o espaço para comércio ambulante e banho. Foi uma festa só neste carnaval.

Uma imagem vale por mil palavras. Recorro ao lugar comum do jornalismo para apresentar aos leitores o que é de fato a maior felicidade do sertanejo: água, água em abundância.

No Carnaval, moradores de Sertânia, no Sertão do Moxotó, foram vistos e fotografados tomando banho nas águas do Canal da Transposição do Rio São Francisco, a boa-nova que encheu de felicidade o coração de muita gente.

Transportadas do Velho Chico depois de 10 anos do start das obras dos seus canais e estações de bombeamento, as águas milagrosas matam a sede de muita gente e devolvem a alegria de um mergulho literal, mesmo com as placas lá no alto anunciando a proibição de banho por causa do risco de afogamento.

O interessante é que toda essa água é levada para consumo humano.

Muita gente se esbaldou no apelidado “piscinão do Lula”. Levaram até bebidas e alimentos para serem ingeridos as margens do canal.

Já tem gente disputando espaço para abertura de comércio próximo ao canal. Outros demarcam territórios para o comércio ambulante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *