,

Capotamento mata jovem e deixa mais seis feridos

Daniel Lima da Silva, de 20 anos, morreu e outras seis pessoas ficaram feridas – uma delas em estado grave – em um capotamento na manhã deste domingo (30), em Araçatuba. O acidente ocorreu na vicinal Jocelin Gottardi, mais conhecida como estrada do Veleiro, por volta das 8h. O condutor, de 22 anos, foi preso em flagrante.

Todos estavam em um Prisma branco e voltaram de um rancho onde, segundo a polícia, haviam participado de uma festa e ingerido bebida alcoólica. Ao retornarem para cidade, o rapaz que guiava o automóvel perdeu o controle ao fazer uma curva, colidindo em um barranco e, em seguida, capotar.

Com o impacto, Silva não resistiu e morreu no local. Os demais ocupantes – com idades entre 18 e 24 anos – foram levados pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) a Santa Casa. Uma jovem de 19 anos teve ferimentos graves e, segundo a polícia, passaria por cirurgia de emergência. Os demais passaram por atendimento médico e foram liberados.

GARRAFA

A Polícia Militar esteve no local e encontrou, dentro do carro, uma garrafa de vodca. Na unidade, o condutor recusou passar pelo teste do bafômetro. Com isso, ele foi levado ao plantão policial, onde a delegada plantonista, Ana Lúcia de Souza Ghaname, determinou a prisão em flagrante do rapaz por homicídio culposo na direção de veículo automotor, lesão corporal culposa e embriaguez ao volante.

Como a soma das penas dos artigos ultrapassa os quatro anos, a delegada deixou de arbitrar fiança e, com isso, o condutor seria ouvido e depois encaminhado para a cadeia. Ela informou que o rapaz contou aos PMs que todos os ocupantes haviam participado de uma festa em um rancho e acabaram ingerindo bebida alcoólica.

O trânsito na vicinal precisou ser bloqueado para o trabalho dos peritos e a retirada do carro e liberado por volta das 10h. O corpo de Silva foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal), onde passaria por exame necroscópico e depois liberado aos familiares para velório e sepultamento.

Um inquérito será instaurado pela Polícia Civil para investigar o acidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *