,

Caso Globo/FIFA: presidente da Televisa é assassinado

O escândalo de corrupção que envolve a FIFA e a rede Globo que está sendo investigado pelas autoridades americanas, nos EUA, contabiliza mais uma vítima. Desta vez quem morreu foi o vice-presidente da TELEVISA, uma das mais importantes emissoras de televisão do México, Adolfo Lagos.

Lagos também seria ouvido pela justiça dos Estados Unidos da América. A Televisa, assim como a Globo, aparece delatada nas negociações de propina para aquisição de exclusividade e direitos de transmissão das partidas pela Copa do Mundo e Copa América.

O vice-presidente da Televisa estava acompanhado pelos seguranças no momento que foi abordado por diversos homens que atiraram contra ele. Lagos é o segundo a morrer depois que o caso ganhou repercussão internacional.

No Brasil o executivo da Globo que fez todas as negociações em nome da família Marinho continua escondido sem declarar o endereço. Cláudio Campos não foi localizado por nenhum veículo de imprensa para falar sobre o caso.

A Globo nega que tenha feito pagamento de propinas.

Um Comentário

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *