,

Condenado a 35 anos de prisão por postagens no Facebook

O mundo virou um lugar perigoso

Uma pessoa foi condenada a 35 anos de prisão na Tailândia por causa da postagens no Facebook consideradas ofensivas. A sentença foi dada nesta sexta-feira a um homem de 33 anos, identificado apenas como Wichai. Segundo as autoridades do país, o conteúdo de fotos, vídeos e comentários divulgados por ele difamavam o então rei do país, Bhumibol Adulyadej, morto em outubro de 2016.

Wichai estava preso desde dezembro do ano passado acusado do crime de lesa majestade, pois é proibido criticar publicamente membros da realeza na Tailândia, segundo informações da organização iLaw. A instituição tailandesa atua na defesa da liberdade de expressão no país. A iLaw tentou acompanhar o julgamento do caso nesta sexta na capital do país, Bangcoc, mas foi barrada, juntamente com jornalistas.

Conteúdo ofensivo

A promotoria militar do país acusou Wichai  de publicar o conteúdo ofensivo entre setembro e outubro de 2015. Ao todo, foram identificadas 10 postagens com conteúdo irregular, veiculado por ele através de um perfil no Facebook com nome e foto falsos. Wichai recebeu pena de 7 anos para cada um dos crimes, mas a sentença final foi reduzida pela metade.

Segundo a iLaw, Wichai é graduado em administração industrial e trabalhava em uma empresa privada.

Um Comentário

Leave a Reply
  1. pois este país é que ti8nha que ser castigado pelo mundo e por país serio que não tenha bandido e ladr4ão no poder,pois se tiver é um país sem moral. como pode amordaçar o povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *