,

Corrupção: empresa de Edison Lobão na mira da Polícia Federal

A Polícia Federal recebeu do Supremo Tribunal Federal o inquérito do senador Edison Lobão (PMDB) que é apontado pelo Procuradoria-geral da República como sócio da Diamond Capital Group. Adivinhem, a empresa recebeu fortunas dos fundos de pensão.

Os investigadores apontam no inquérito que a empresa do senador recebeu de forma ilícita um enorme aporte de capital através de vários fundos de pensão que são controlados pelo governo. Os três maiores e mais ricos estão na lista: Petros, Caixa Econômica Federal e Petrobras. O dinheiro é oriundo de descontos de funcionários federais para a previdência.

No inquérito é pedido a quebra de sigilo bancário do senador entre 2011 e 2012.

O Petros informou, ao relator ministro Luís Roberto Barroso, não ter localizado em seus registros investimentos que tenham a Diamond como administradora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *