,

Curitiba tem mais um “Sérgio Moro” em ação

O colunista Josias de Souza comentou a decisão do juiz Friedmann Anderson Wendpap, da 1ª Vara Federal em Curitiba, de bloquear quase meio bilhão de reais do Partido Progressista e de 11 políticos, em ações cíveis relacionadas à operação Lava Jato. Segundo Josias de Souza, “o colega de Sérgio Moro vem se revelando um servidor público implacável no combate à corrupção”.

Leia abaixo o artigo de Josias de Souza:

Há um segundo Sergio Moro na República de Curitiba. Chama-se Friedmann Anderson Wendpap. É juiz titular da 1ª Vara Federal da capital paranaense. Nesta sexta-feira, decretou a indisponibilidade dos bens do Partido Progressista e de 11 políticos filiados à legenda. Seis deles são deputados federais.
O bloqueio será de R$ 476,8 milhões. Alcançará contas bancárias, imóveis e até automóveis. Deve-se a providência a uma ação de improbidade administrativa movida pela força-tarefa da Lava Jato. Pela primeira vez, os investigadores invadem o salão de um partido político que apadrinhou diretores na Petrobras para assaltar os cofres da estatal. Vêm aí novas ações, contra o PT e o PMDB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *