,

Delação da JBS também pega Lula

De acordo com a Época, a JBS depositou cerca de R$ 300 milhões em propina devida ao PT numa conta secreta controlada por Joesley Batista na Suíça.

O dinheiro estaria relacionado com vantagens ilegais obtidas pela JBS junto ao BNDES durante os governos de Lula e Dilma, especialmente durante a gestão de Luciano Coutinho no banco estatal.

Joesley disse que o dinheiro era sacado, no Brasil, em nome e por ordem de Lula, com intermediação eventual de Guido Mantega, e usado nas campanhas do PT em 2010 e 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *