,

Delegados da Polícia Federal são mandados para fora do Brasil

A ordem é acabar com a operação Lava Jato

O governo do presidente investigado Michel Temer trabalha a todo vapor para desarticular a Polícia Federal. O método é dar “premiações” e algumas chegam a ser bastante inusitadas.

De acordo com a coluna Radar, delegados ligados ao atual diretor da Polícia Federal foram nomeados para ocupar funções fora do Brasil.

França, Espanha, África do Sul,  México e Suriname foram os países contemplados com os profissionais nomeados pelo atual ministro da Justiça, Torquato Jardim.

Diário Oficial

“As nomeações foram publicadas no Diário Oficial da União desta terça-feira (4). Leonardo Lima foi designado para a função de adido adjunto da Polícia Federal em Paris. Lima é um dos principais assessores do diretor-geral, Leandro Daiello. Entre servidores da PF, a nomeação de Lima suscitou, inclusive, dúvidas sobre a permanência de Daiello no comando da corporação.”

Finalizar a Lava Jato

O governo acelera para desarticular a Lava Jato antes da votação do Congresso sobre a denúncia oferecida pela PGR contra Michel Temer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *