,

Deputados cobram aumento de auxílio-paletó

No Amapá, o movimento “Me solta Amapá” protestou contra a iniciativa de deputados estaduais favoráveis ao aumento da verba destinada ao auxílio-paletó. Cada parlamentar recebe mensalmente uma ajuda de R$ 25 mil para aquisição de vestuário.

As vantagens concedidas aos parlamentares causaram revolta na população que está realizando, todos os dias, protestos em frente ao prédio do Legislativo estadual. Manifestantes penduraram roupas usadas – calças, camisas, até um paletó – nas grades que cercam a sede do Legislativo do Amapá.

O defensor do projeto

O mais ferrenho defensor do auxílio-paletó é o deputado estadual Kaká Barbosa (AVANTE). Ele alega ser justo o pagamento e a concessão do benefício que trará tratamento adequado aos membros do Poder Legislativo.

Em “nota de esclarecimento”, Kaká sustenta que “a Assembleia Legislativa entende que a aprovação da referida lei não inviabiliza a política de adequada aplicação e racionalização dos gastos praticadas por sua atual administração, vide as medidas, nesse sentido, que vêm sendo adotadas e são de amplo conhecimento da sociedade em geral”.

Um Comentário

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *