,

Deputados petistas vão bajular o ditador Assad

O ditador sírio Bashar al-Assad é um megalomaníaco e sanguinário que destrói vidas humanas em troca de poder e dinheiro. Assad vive dentro de um enorme palácio enquanto financia uma guerra civil que já dura mais de seis anos.

Nesta semana uma comitiva composta por seis parlamentares do Partido dos Trabalhadores viajou à Síria sob o pretexto de fazer uma visita ao presidente do Parlamentar, para reivindicar o retorno da relação diplomática entre a Síria e o Brasil.

Que sentido faz visitar um sanguinário e ditador?

Os deputados precisam entender que a representação que está sob seus ombros pertence ao povo brasileiro que, em sua maioria, repudia qualquer líder que destrói vidas em troca de poder.

Bashar al-Assad não é uma liderança aceita no Brasil e coloca em risco a relação do país com outros países vítimas da crueldade do ditador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *