,

Ele é ministro, deputado e pastor. Sua especialidade é negociar propina

Flagrado em áudio o deputado federal tirou férias e foi passear

Pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, deputado federal presidente do PRB e ministro de Michel Temer, esse é Marcos Pereira o mais novo deletado por Joesley Batista gravado num áudio cobrando parte de uma gorda propina.

Marcos Pereira aparece em uma gravação negociando com o empresário Joesley Batista, da JBS, o restante do pagamento sujo de R$ 6 milhões. Na conversa Joesley faz as contas para Marcos sobre o saldo que seria acertado pela empresa.

O pagamento da propina foi o meio utilizado pelo deputado federal Marcos Pereira para liberar R$ 2,7 bilhões em empréstimos obtidos pelo Grupo J&F junto à Caixa. O deputado da Igreja Universal do Reino de Deus era o dono da vice-presidência do banco e por isso viabilizou a saída do dinheiro sem muito esforço para os irmãos Batista.

Marcos Pereira após ser delatado e ter seu diálogo exposto na mídia, entrou em férias e foi passear.

O presidente Michel Temer que é o chefe imediato de Marcos pois ele é ministro, também não se manifestou e viajou para tirar alguns dias de descanso.

No áudio, Joesley diz “não lembro mais a conta”, no que o ministro responde: “Meia Cinco Zero”, acrescentando que ambos já teriam tido outros dois encontros. O empresário prossegue fazendo contas. “Uma… Cinco e quinhentos… Cinco vezes cinco… Cinco de quinhentos dá… Dois e quinhentos, tá. Mais uma, dá mais quinhentos (…), três e seiscentos e cinquenta. Três seiscentos e cinquenta”. Marcos Pereira ratifica: “Seis, é isso aí. É isso aí”.

2 Comentários

Leave a Reply
  1. Qual a novidade sendo verme religioso e “pulitiCO-CÔ”? Duas das piores categorias a infestar CORRUPTOLÂNDIA. Dois tipo de parasitas escrotos, maléficos, pilantras e vagabundos que deveriam – TODOS – ser enforcados em praça pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *