,

General pede demissão do Comitê Olímpico Brasileiro

O general Augusto Heleno foi convidado por Arthur Nuzman para chefiar a equipe de atletas olímpicos militares. O que o general não sabia era que Nuzman fazia parte de uma gigantesca quadrilha criminosa que desviava bilhões em dinheiro através do esporte.

Nesta semana o general do Exército pediu demissão do Comitê Olímpico Brasileiro em razão dos escândalos de corrupção.

A decisão do Comitê Olímpico Internacional em suspender as atividades do COB e determinar o banimento de Nuzman da presidência do órgão também contribuíram para o pedido de demissão de vários integrantes.

Há informações de que Nuzman seja apenas a ponta do iceberg. O FBI, a Interpol e a Polícia Federal brasileira ainda procuram pelo “rei Arthur” que está foragido da Justiça. Ele é o mentor de vários crimes praticados pela CBF e que tenham ligações com o COB.

As atividades criminosas de Nuzman haviam sido denunciadas bem antes do acontecimento olímpico. Desde 2002 que o presidente do COB é denunciado por crimes de corrupção.

Por que o general Heleno não tomou conhecimento desses fatos antes da prisão de Nuzman?

2 Comentários

Leave a Reply
  1. A equipe de atletas militares representaram o Brasil com galhardia chefiados pelo General Heleno que obviamente dedicou-se Apenas um seu trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *