,

Governo corre para anistiar grandes devedores e comprar deputados

A escandalosa lista de grandes devedores que não pagam o INSS

As recentes mudanças que abrandaram as regras propostas na reforma da Previdência foram insuficientes para agradar aos parlamentares, que seguem pedindo uma ação mais incisiva do governo em ações para incrementar a arrecadação do INSS. Um dos alvos é a lista bilionária de devedores da Previdência Social. De acordo com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), o estoque da dívida ativa previdenciária chegou a R$ 427,73 bilhões no fim do ano passado.

Três das cinco maiores devedoras estão falidas, de acordo com o acompanhamento da PGFN: Varig (R$ 3,7 bilhões), Vasp (R$ 1,7 bilhão) e Bancesa, banco cearense quebrado em 2004 (R$ 1,4 bilhão). Mas as outras duas estão em operação.

Uma delas é a JBS, segunda maior empresa de alimentos do mundo, com dívida de R$ 1,84 bilhão. Também está no “pódio” a Associação Educacional Luterana do Brasil (Aelbra), mantenedora da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), que recentemente enfrentou problemas financeiros e de gestão.

A elevada dívida previdenciária é tida como privilégio pelos parlamentares, que acusam o governo de não atacar o problema.

Na lista de inadimplentes estão empresas ligadas ao poder público, como a Caixa Econômica Federal, com débito de R$ 549,5 milhões; os Correios, com dívida de R$ 378 milhões; e o Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (Ipergs), que cuida das aposentadorias dos servidores gaúchos. A dívida do Ipergs com o INSS é de R$ 395,5 milhões.

‘Injustiça’

O argumento dos parlamentares é que, mesmo que parte desse valor não seja recuperável, é injusto endurecer as exigências de aposentadoria dos trabalhadores antes de ampliar o esforço para cobrar essa dívida. Os débitos dos 500 maiores devedores ultrapassam sozinhos os R$ 80 bilhões, segundo relatório da PGFN enviado à comissão especial da reforma da Previdência.

7 Comentários

Leave a Reply
  1. Pesquisando na Internet, descobre-se como se deu a falência da Varig. É uma história triste, mas que lança alguns personagens nesta história, com profundas ligações entre si, até hoje. Agora podemos entender muitas coisas. A Varig tinha solução, mas a intervenção de um grupo de pessoas, destruiu uma das melhores empresas de aviação do mundo. Quem são eles? Ora quem poderiam ser: Lula, Zé Dirceu, Dilma, Palloci, Nene Constantino (GOL), Roberto e Veruska Teixeira (pai e filha da firma Teixeira Martins Advogacia). Selma Balbino, petista do Sindicato dos Aeroviários, ficou tão revoltada com que os petistas fizeram com a Varig, que se desfiliou do partido, e disse que foi feita de joquete pelo partido para não salvar a empresa. Para ela, o PT sacrificou a Varig porque era um empresa de transporte da elite. Milhares ficaram desempregados, mas a firma Teixeira Martins recebeu sua astronomica comissão, para não dizer de Nene Constantino. Mas onde está a parte dos petistas???

    • Aí Juca, vc me esclareceu um assunto tão importante. E agora vem à tona para desvendar que a canalhice continua, ou seja, a INJUSTIÇA continua com estes governantes de merda que o Brasil vem tendo, acredito que depois de Getúlio, com exceção do governo de exceção, o MILITAR q foi o melhor que o Brasil teve até hoje, com torturadores e tudo, afinal ‘guerra é guerra’. Não é o q se diz???

  2. Com a esta decisão de mexer na Previdência sem atacar as dividas existentes o Temer mostra-se ser um bandido tolerante com os maiores devedores] cuja cobrança salvaria a previdência.

  3. Pra isso há dinheiro à vontade! Agora, pra pagar moribundos miseráveis que aguardam dinheiro devido pela União em processos que mofam há décadas no STF, não tem e protelam ao deus dará. Tiremos o exemplo de um idoso(a) que, com quase 90 anos de idade aguardam precatórios para 2020 em diante. Que beleza!!!

  4. Um absurdo tão grande! E vc falar em reforma, quando na realidade, existe uma grande quantidade de empresas privadas e parlamentares que estão devendo a previdencia, com valores absurdos e o governo, faz anistia destas dívidas. Realmente, é o fim da picada! A Procuradoria Geral da República, deveria investigar o Presidente Michel Temer urgentemente. Isso não pode passar batido assim.

  5. Esta procuradora Geral, deveria investigar o governo federal agora, urgentemente. Isso de forma alguma, poderá passar, é preciso ter coragem e vontade da Procuradoria Geral da República, fazendo duras investigações contra o vampiro numero 1 da atualidade e corrupto Temer.

  6. Esta procuradora Geral, deveria investigar o governo federal agora. Isso de forma alguma, poderá passar, é preciso ter coragem e vontade da Procuradoria, fazendo duras investigações contra o vampiro numero 1 da atualidade e corrupto Temer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *