,

Governo vai aumentar imposto pra cobrir rombo da corrupção

A indefinição sobre o tamanho do aumento de tributos postergou por mais um dia o anúncio do corte do Orçamento da União, previsto para esta terça-feira.

O governo enfrenta resistências crescentes de aliados políticos e do setor produtivo à elevação da carga tributária e busca diminuir o impacto da medida sobre economia.

A equipe econômica já conseguiu uma receita extra de R$ 17 bilhões para reduzir o rombo de R$ 58,2 bilhões identificado no Orçamento de 2017.

Com essas receitas, o governo diminuiu para R$ 41,2 bilhões a necessidade de corte nas despesas. Mas ainda pretende anunciar uma alta de tributos para diminuir o contingenciamento.

Um integrante da equipe econômica afirmou ao Estado que o aumento de tributos será feito para fechar as contas do governo deste ano, mas com menor impacto possível para a atividade econômica. “O que tiver que fazer na área de aumento de receias será feito. Não há dúvida.

Agora, já”, disse a fonte, acrescentando que as resistências à alta de tributos são legítimas e normais, mas não maiores do que a Reforma da Previdência ou o teto de gasto.

Segundo a fonte, está sendo definido o volume de necessário de aumento de receitas com revisão de desonerações ou estabelecimento de isonomias tributárias (igualar a tributação em áreas cuja cobrança de impostos são diferentes).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *