,

Governo vendeu o Brasil para a China mas o dinheiro não aparece

Os chineses investiram no Brasil apenas em 2017 aproximadamente R$ 35 bilhões, conforme informou a empresa de consultoria Dealogic que apontou outro dado importante e ao mesmo tempo alarmante. Do ano passado para cá as aquisições chinesas no Brasil saltaram de seis para 17.

Analistas garantem que as aquisições chinesas no Brasil crescerão numa escala ainda maior a partir de 2018.

Pelo menos dez empresas já estão em estágio avançado de negociação para entrar no país, atuando em áreas como energias renováveis, ferrovias, portos, mineração e papel e celulose.

A questão é: onde está essa dinheirada toda?

 

 

O senador Romero Jucá aparece em um vídeo, gravado na China, em agosto deste ano, afirmando que o PMDB participou de um encontro com o Partido Comunista Chinês. No vídeo, Jucá declara que o Brasil, através do governo Michel Temer, fechou acordo em diversas áreas o que denota que os investimentos chineses obedecem critérios ideológicos dos comunistas.

Na imprensa o presidente Michel Temer tem dito que o caixa do governo está baixo e que somente a reforma previdenciária poderia alavancar a economia.

É estranho que com o avanço chinês sobre a economia brasileira, o desemprego ainda permaneça alto e a economia não dá sinais de melhora.

O que pode estar ocorrendo nos bastidores desses acordos?

Não seria arriscado demais para o Brasil abrir de forma desordenada a sua economia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *