,

Grupo UOL (Folha de São Paulo) recebeu R$ 225 milhões de governo petista

A origem das coisas!

O brasileiro passa a entender melhor a mídia quando descobre que um dos maiores grupos de mídia do país faturou milhões em reais do governo petista. Basta uma pesquisa mais apurada para constatar a sangria de dinheiro público que irrigou a imprensa.

No portal da FINEP, empresa pública de fomento à ciência, tecnologia e inovação, é possível verificar que o Grupo UOL (Folha de São Paulo) recebeu através de uma linha crédito aporte de recursos da ordem de R$ 225 milhões durante o governo petista.

O projeto “inovador” apresentado pelo grupo para ser digno de tamanha importância de dinheiro foi denominado como “LABORATÓRIO DE CRIAÇÃO DE PRODUTOS PARA O MUNDO VIRTUAL – INOVAÇÃO NA GERAÇÃO DE SOLUÇÕES COM AGREGAÇÃO DE VALOR.”

Onde está o resultado desse projeto para justificar o gigantesco aporte de dinheiro público? Esse é um ponto.

Confira.

 

 

Outro ponto a ser destacado nas relações da imprensa com o Governo Federal são os agentes que estão nos bastidores dessas transações.

André Esteves, banqueiro que foi investigado e preso, do Banco BTG Pactual é um dos acionistas do Grupo UOL. Esteves é apontado como um elo dentro da organização petista.

Sócio e então presidente do BTG e do conselho de administração, André Esteves foi preso em novembro de 2015, acusado de participar de uma trama para tentar atrapalhar as investigações da Lava Jato.

Por que o governo aplicaria tanto dinheiro numa empresa ligada a um banqueiro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *