,

INSANIDADE: Governo faz “reforma trabalhista” e depois aumenta imposto

Não há nenhum compromisso com o povo brasileiro

O governo de Michel Temer é um embuste que vai agravar ainda mais a herança maldita deixada pelo ex-presidente condenado, comunista e fascista Luiz Inácio Lula da Silva. Na verdade eles formam a mesma “quadrilha”, assim definida pelo Ministério Público Federal.

Após promover a farsa da reforma trabalhista sob o argumento falacioso de que geraria mais postos de trabalho – o que é uma mentira deslavada – Michel Temer e Henrique Meirelles anunciaram o aumento de impostos para cobrir o rombo da corrupção. PIS e COFINS, impostos federais, incidem exatamente sobre a cadeia produtiva. No lombo da iniciativa privada, da pessoa jurídica, é que recairão a nova batida de carteira do governo. Em contrapartida, o efeito cascata será inevitável puxando para cima impostos como ISSQN, ICMS e tantos outros.

A farsa

A tal reforma trabalhista aprovada e sancionada a toque de caixa pelos irresponsáveis políticos brasileiros perdeu, no próprio nascedouro, seu efeito gerador de emprego. Mais impostos, menos produção, menos trabalho, mais desemprego e nenhuma oportunidade.

O Governo Federal atua com medidas paliativas e de caráter estritamente fisiológico. Não há sequer nenhum projeto de Nação a curto e longo prazo para colocar o Brasil em um ambiente saudável economicamente.

2 Comentários

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *