,

João Doria é a versão light de Aécio Neves

Coalizão PT, PSDB e PMDB aposta fichas no prefeito de São Paulo

O prefeito de São Paulo, João Doria, tem feito várias investidas no sentido de alavancar uma possível candidatura à Presidência da República, em 2018. O PSDB tem dois problemas graves: o Alckmin que não arranca e o apoio a Michel Temer que suja qualquer discurso de moralidade.

Geraldo Alckmin, atual governador de São Paulo, não consegue emplacar sequer 1% nas pesquisas de opinião pública quando o assunto é a Presidência da República. Esse problema é o de menos. O mais grave para o ninho tucano é a associação do PSDB com PMDB e de tabela com o PT.

Doria começou seu mandato como prefeito de São Paulo com ações de marketing muito forte porém bastou a Lava Jato identificar a ligação do PT como o PSDB e o PMDB para que tudo fosse pela ladeira.

Mais dos mesmos

O apoio de João Doria ao presidente Michel Temer e ao senador Aécio Neves rasgou a ideia de que o prefeito era um fato novo na política. Hoje, Doria é considerado apenas mais um elo na organização que formou a coalizão política que quebrou o Brasil.

Lula, Aécio Neves e Michel Temer são os cabeças, Doria agora é visto como uma tentativa desesperada para salvar os membros da coalizão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *