,

Líder do MBL, vereador Holiday, é acusado de caixa 2

Fernando Holiday (DEM-SP), um dos líderes do Movimento Brasil Livre (MBL), foi apontado por uma reportagem pela prática de caixa 2 em sua campanha eleitoral para vereador.

Conforme revelado pelos repórteres Tatiana Farah e Severino Motta, do Buzzfeed Brasil, nesta segunda-feira (13), as despesas do vereador com os cabos eleitorais que trabalharam na sua campanha não foram declaradas à Justiça Eleitoral. O serviço teria sido pago em dinheiro vivo.

Os repórteres obtiveram planilhas que comprovaram estes pagamentos, além de terem falado com alguns dos nomes citados nos documentos, que confirmaram terem prestado o serviço e recebido R$ 60 em um envelope como pagamento.

O Buzzfeed Brasil procurou Holiday, que negou irregularidades e garantiu que todas as suas despesas de campanha foram declaradas à Justiça Eleitoral.

Ironicamente, o próximo protesto do MBL, agendado para o dia 26 de março, quer reunir cidadãos contra a corrupção e impunidade e a favor da Operação Lava Jato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *