,

Lula deve ser preso durante depoimento? Se concorda compartilhe!

O depoimento presencial de Luís Inácio Lula da Silva réu em cinco processos, delatado e apontado pelo Ministério Público Federal sendo o “chefe da quadrilha” que articulou um dos maiores golpes da história mundial, está para a acontecer na próxima semana em Curitiba.

O juiz Sérgio Moro mandou intimar Lula a comparecer perante a Justiça com objetivo de prestar esclarecimentos sobre diversos relatos de ele figura como peça principal numa lista de beneficiários apontada pela empreiteira Odebrecht.

Na planilha de recebimentos de propinas da Odebrecht o ex-presidente petista e mentor do plano de poder que envolvia o Brasil e mais 16 países, ele é identificado como “amigo”.

A riqueza acumulada por Lula nos últimos 20 anos, ainda que muita coisa não esteja em seu nome, não é compatível com a pagamento que ganhou condição de presidente da República e nem após sua saída com recebimento de pensões.

Seus filhos tiveram uma ascensão financeira extraordinária. Na coleção de riquezas adquiridas por Lula estão os presentes retirados do Palácio da Alvorada que segundo ele foram agrados deixados por outros dirigentes políticos à sua pessoa.

Com a audiência presencial marcada para Curitiba, a defesa de Lula tentou requisitar que o evento fosse realizado por meio de videoconferência mas a justiça negou o pedido, fazendo cumprir a presença do réu ao local em dia e hora determinados.

A militância do MTST e demais organizações partidárias com viés de guerrilha urbana organizam protesto para o dia da audiência que deve ser na próxima terça-feira (14), em Curitiba, no Paraná.

Há um clamor popular muito grande para que Lula seja encaminhado diretamente as carceragens da Polícia Federal onde está o seu amigo e companheiro Eduardo Cunha.

Um Comentário

Leave a Reply
  1. Se o Senhor Lula for criminoso, deve ser preso como qualquer outro criminoso.O Brasil não pode mais conviver com falcatruas, seja de quem for. Não importa o Partido Político, falcatrua é falcatrua e basta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *