,

Lula é flagrado no esquema de “palestras”

O juiz federal Sérgio Moro enquadrou o ex-presidente condenado Luiz Inácio Lula da Silva quando solicitou a comprovação de que o montante bloqueado seja mesmo resultado de sua aposentadoria.

Lula está em maus lençóis.

Coincidência ou não o próprio Instituto Lula acabou complicando ainda mais a vida de Lula perante a Justiça após divulgar uma lista de palestras, a maioria paga por empresas enroladas na Lava Jato, onde Lula teria recebido o valor de R$ 11,8 milhões. Quase o mesmo valor bloqueado pela Justiça na conta de Lula que é de R$ 13 milhões.

Que moço mais econômico!

O LILS ainda vai mais longe ao confirmar que o valor de cada palestras era fixado em US$ 200 mil.

Dentre as 72 palestras, 30 foram pagas por empresas investigadas na Operação Lava Jato: Andrade Gutierrez (5); UTC (1); Odebrecht (8); OAS (5); Queiroz Galvão (3); Camargo Correa (5); e BTG Pactual (3).

Os depoimentos de Antônio Palocci e Emílio Odebrecht confirmam que esses pagamentos eram fornecidos como forma de retribuição por favores prestados à empresa em contratos fraudulentos de obras no Brasil e no exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *