,

Lula no Rio: “Cabral não merece estar preso porque roubou”

Petista defende a criminalidade como forma de política

O ex-presidente condenado Luís Inácio Lula da Silva em sua peregrinação infame pelo estado do Rio de Janeiro tem dado declarações estranhas em relação aos casos de prisão de envolvidos na Lava Jato.

Lula afirmou categoricamente que o ex-governador Sérgio Cabral que, segundo ele, “trabalhou tanto pelo estado”, não merece estar preso porque “roubou o dinheiro do povo”. Lula disse isso em um de seus comícios antecipados.

Por onde passou Lula ouviu gritos de “ladrão”. A população não está correspondendo aos apelos do petista como em outras ocasiões.

Lula tem insistido, por onde passa, na tese de que a imprensa inventou inverdades sobre ele e seus aliados presos na operação Lava Jato. No discurso feito no Rio de Janeiro, o petista extrapolou os limites da ética e do bom senso quando tentou inocentar Sérgio Cabral em seu discurso.

Há especulações que em 2018 as eleições sejam adiadas e por isso Lula tem feito esse tipo de ensaio pra não despertar as atenções. Lula, Temer e FHC estariam dispostos a bancar mais dois anos de mandatos para todos que têm cargos eletivos com o objetivo de uma mudança no sistema brasileiro para o semi-presidencialismo.

Lula também está tomando medidas preventivas contra um possível pedido de prisão contra ele.

Confira e tire sua conclusões sobre a peregrinação de Lula.

 

2 Comentários

Leave a Reply
  1. O Brasil corre sério risco de que,
    Políticos criminosos.para não responder
    Por seu crimes.promovam ditadura
    Do crime.se as forças armadas não
    Tomarem o poder ,vamos ser escravizados como na Venezuela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *