,

Lutador do UFC pega prisão perpétua por crimes contra a namorada

Lutador cometeu 29 crimes contra a namorada dentre eles estão tortura e estupro

A Justiça dos Estados Unidos decretou, na segunda-feira, a prisão perpétua de Jonathan “War Machine” Koppenhaver, acusado de cometer 29 crimes contra sua ex-namorada, a atriz pornô Christy Mack.

Preso em agosto de 2014, o atleta, com passagens pelo UFC e pelo Bellator, cometeu diversos atos de violência contra a ex-namorada, como tortura, tentativa de assassinato, sequestro e tentativa de estupro.

Agressões

Presente ao julgamento, Mack, que teve que ser hospitalizada algumas vezes por causa das agressões, reforçou seu desejo para a pena ser pesada: “Não sei quanto tempo ele merece ficar preso. Não sei em quanto tempo eu me sentirei bem ou segura. Posso dizer que quando ele sair, ele vai me matar”.

Atriz chegou a ter 10 ossos quebrados por ex-lutador e ficou com lesões pelo corpo. Segundo o #TMZ, a sentença abre a possibilidade de “War Machine” pedir liberdade condicional após cumprir 36 anos de regime fechado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *