,

Marco Aurélio solta mais um do PT

Em decisão do dia 17 de abril, de número 139480, o ministro Marco Aurélio Mello concedeu habeas corpus ao ex-diretor da Petrobras Renato Duque. Perguntado sobre sua decisão, Mello respondeu: “Não vejo o processo pela capa”.

A decisão de Mello diz respeito a uma ação penal derivada da Operação Sangue Negro. Ela foi deflagrada em 2015, e diz respeito a esquemas de corrupção na Petrobras iniciados em 1997.

As investigações da Sangue Negro começaram antes da Lava-Jato, e revelaram crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Como Duque também foi condenado pela Lava-Jato ele continuará preso.

2 Comentários

Leave a Reply
  1. SABE PORQUE ACONTECE ISTO, É DEVIDO A NOMEAÇÃO DE ADVOGADOS DE PARTIDO, NO CASO O, P.T., SER NOMEADO MINISTRO, ENQUANTO OS JUÍZES TOGADO, FICA PRETERIDO, CONFORME ART. 93, INC. II, DA C.F., E SUBORDINADO A ESTES ADVOGADOS, QUE RECEBERAM BENESSES E ESTÃO PAGANDO DE POUCO A POUCO, PORTANTO, SÓ TEM UMA SOLUÇÃO, QUE É REVOGAR O ARTIGO 101, § ÚNICO DA C.F., E ATRAVÉS DE UMA P. E.C., APLICAR CARREIRA ÚNICA NO PODER JUDICIÁRIO ONDE OS MAGISTRADOS SEJAM PROMOVIDOS A MINISTRO…>>> ASS. PEDRO BAIANO, 1º TENENTE PM ( SP ) QUE ASSIM, VEJO?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *