,

Michel Temer cancela redução de juros

O presidente Michel Temer acaba de tomar uma decisão que pode revelar o quadro de desespero que vive a economia brasileira. O ciclo de queda na taxa de juros foi interrompido. A decisão punirá diretamente os brasileiros assalariados e irá beneficiar ainda mais os banqueiros.

O Banco Central informou que a interrupção na queda da taxa de juros se deve a piora no cenário internacional. Mas isso não é verdade. A economia brasileira está combalida pela falta de disposição do governo em cortar na própria carne, ou seja acabar com os privilégios na administração pública.

A explicação do BC é estapafúrdia.

“De outro lado, a evolução da conjuntura em linha com o cenário básico do Copom, a recuperação mais consistente da economia e uma piora no cenário internacional favoreceriam a interrupção do processo de flexibilização”, diz a ata.

O governo chegou a fazer campanha em cima da SELIC em razão da menor taxa registrada na história do país. O BC cortou 0,25 ponto percentual colocando a SELIC no patamar de 6,75%. A medida não surtiu efeito na economia pois os brasileiros estão endividados. Para não diluir ainda mais o lucro dos bancos, o BC resolve cessar o ciclo de redução.

 O Brasil ainda lidera o ranking de maiores taxas de juros do mundo.

Um Comentário

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *