,

Ministra quer autorizar cirurgia para mudança de gênero em crianças

Dois projetos tramitam na Câmara dos Deputados: um autoriza e o outro prende quem for contra

Luislinda Valois, atual ministra dos Direitos Humanos, quer impor uma mudança radical na sociedade brasileira: aprovar, urgentemente, dois Projetos de Lei 5002/2013 e o PL 7582/2014.

Ambos de autoria dos Deputados Federais Jean Wyllys (Psol/RJ) e Érica kokay (PT/DF) dispõem sobre o direito à identidade de gênero

Luislinda está ávida pela aprovação como se isso fosse colocar o Brasil num patamar de vida mais estável.

O primeiro dos projetos prevê a mudança de nome e a cirurgia de mudança de sexo em crianças e adolescentes mesmo sem o consentimento dos pais e ou responsáveis. Enquanto um projeto aprova a mudança, o outro da deputada Maria do Rosário pune quem questionar o gesto classificando como crime de ódio e intolerância.

Este último projeto usa técnicas de vagueza para classificar como crime de ódio e intolerância as posições contrárias a homossexualidade e a ideologia de gênero. A ideia é mandar para a cadeia quem questionar de forma contrária e afastar a pessoa do convívio social.

O resumo de tudo é um só: políticos ligados a esquerda querem colocar na cadeia que for contrário a suas ideias.

2 Comentários

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *