,

Mistério: quem é o dono de US$ 833 mil na conta do ministro do Turismo

O ex-ministro do Turismo e ex-presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), suspeito de envolvimento no esquema de corrupção investigado na Operação Lava Jato disse, em defesa apresentada à Justiça Federal de Brasília, desconhecer como US$ 832.975,98, cerca de R$ 2,5 milhões surgiram em sua conta bancária na Suíça.

Henrique Alves confirmou, no entanto, ser o beneficiário da conta na Suíça, explicando que usou um escritório de advocacia do Uruguai para abri-la em 2008.

Segundo o ex-ministro do Turismo, os mais de US$ 832 mil foram movimentados na conta sem seu conhecimento.

Henrique Alves pediu demissão do governo em junho do ano passado, logo após ser citado na Lava Jato, em delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, que disse que o ex-ministro do Turismo era o beneficiário da propina. Nas investigações da Lava Jato, foi descoberto que o dinheiro na conta da Suíça onde o ex-ministro é o titular foi depositado em três datas, entre outubro e dezembro de 2011.

Henrique Alves foi denunciado pela Procuradoria Geral da República pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, justamente em relação a esta conta na Suíça.

Segundo a Procuradoria, o dinheiro era suborno recebido da empreiteira Carioca Engenharia, visando conseguir a liberação de recursos públicos. (Sputnik)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *