,

MMA terá luta entre mulher-trans contra mulher. Preparem a ambulância!

As feministas devem estar adorando!

As mulheres que disputam lutas pelo MMA que se preparem, pois daqui pra frente o público deverá presenciar um massacre no octógono em combates na categoria feminina.

Fallon Fox, nasceu com gênero masculino, nos Estados Unidos da América, e está provocando grande polêmica depois que recebeu autorização para lutar na categoria feminina. Ele é o primeiro homem que se “tornou” mulher-trans com permissão para competir mundialmente pelo MMA.

Fox, é claro, somente luta contra mulheres.

Ela já ganhou seis lutas das quais disputou. Três foram por nocaute, de forma muito fácil. Por incrível que pareça ainda conseguiu perder uma luta.

Biologicamente, Fallon Fox tem muito mais força do que suas concorrentes que nasceram femininas em toda sua estrutura física. A autorização concedida a Fox tem provocado amplo debate entre médicos e atletas.

O risco é que com o passar do tempo Fallon Fox seja imbatível e as mulheres, suas adversárias, sejam hospitalizadas.

As feministas devem estar contentes com mais esse “avanço”! São os “homens” tomando o espaço que antes era primordialmente feminino.

A chegada da “mulher-trans” no meio feminino parece colocar em risco a escalada das mulheres rumo ao topo.

3 Comentários

Leave a Reply
  1. E isso mesmo parabéns as feministas adoro assistir lutas e agora quero muito ver esse trans monstro mostrar q a igualdade entre homem e mulher e de fato verdadeira que tudo o que foi ensinado por essa sociedade machista fascista taxista diarista e homofobia e besteira !!!!
    Vamos pra cima delas trans detona mesmo !!!!

  2. Isso é uma falta de vergonha, absurdo! Geneticamente homem é absolutamente diferente de mulher, não interessa se psicologicamente o indivíduo se vê como mulher, biologicamente esse fator não tem como ser alterado! É de extremo mal gosto misturar as categorias dessa forma. É absurdo os telespectadores e os atletas aceitarem tal imposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *