,

O flagrante no esquema de Aécio Neves e Michel Temer

A vergonha é mundial

As cenas são devastadoras para o presidente do PSDB, o senador mineiro Aécio Neves.

A Polícia Federal filmou o primo de Aécio, Frederico Pacheco de Medeiros, pegando, a mando de Aécio, R$ 1,5 milhão em propina — três quartos dos R$ 2 milhões que Aécio pediu, sem saber que era gravado, para Joesley.

As cenas abaixo mostram esta entrega, ocorrida em 28 de abril deste ano.

A informação é de O Globo.

Confira as imagens:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *