,

Pai, irmãos e cunhados de governador do PMDB indiciados

É uma quadrilha por estado, praticamente. A Polícia Federal estourou mais uma quadrilha composta por membros da mesma família que atuava abocanhando todo o dinheiro público no estado de Tocantis.

O governador corrupto é Marcelo Miranda, amigo de Michel Temer, membro do PMDB, que colocou no esquema de corrupção, descoberto pelo Ministério Público Federal e investigado com apoio da Polícia Federal, seu pai, irmãos e a cunhada.

De acordo com divulgação feita pela TV Anhanguera, a quadrilha desviou mais de R$ 200 milhões através de contratos de gaveta para lavagem de dinheiro. Marcelo é conhecido na região como o “rei do gado”.

O esquema seguia o mesmo modus operandi em prática nos demais estados brasileiros. O político é eleito, coloca parentes na linha de frente, coopta empresários, faz licitações fraudulentas e pega a propina por fora. Para limpar a grana suja forja compra de imóveis, gados e aplicações tudo para ocultar a origem do dinheiro.

Tocantis é um dos estados onde a população padece com a falta de infraestrutura básica. Não tem sequer saneamento.

 

Um Comentário

Leave a Reply
  1. Brasil foi invibializado pelos políticos.
    Cada estado tem sua quadrilha.
    Cada município tem sua quadrilha.
    E assustador,nos trabalhamos para
    Sustenta a casta pública corrupta.
    Temos que incendiar essa porra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *