,

Pela lei presidente ladrão não pode ser preso

Michel Temer está citado na lista

Delatores da Organização Odebrecht relataram uma possível participação de Michel Temer na lista negra da Odebrecht num esquema de roubo dentro da Petrobras que começou na época de Fernando Henrique Cardoso, que também entrou na lista do ministro Edson Fachin.

Michel Temer teria participado de um encontro com o ex-deputado federal Eduardo Cunha para tratar de recebimento de dinheiro em troca de favores e contratos. Outro que participou dessa reunião foi Henrique Eduardo Alves.

Um outro encontro entre Michel Temer e Marcelo Odebrecht aconteceu no Palácio do Jaburu onde se discutiu a entrega de R$ 10 milhões.

A lei brasileira não permite que presidente ladrão seja preso. Ou seja, pode roubar e participar de esquemas ilícitos que sendo presidente pode gozar de liberdade até que entregue o mandato.

Talvez, caso o Brasil exista até 2019, o presidente Michel Temer poderá ter que responder pelos ilícitos que se envolveu e ser preso.

Se for eleito, o que deverá ser muito difícil, Temer terá ainda alguma chance de ficar impune. Mas até lá o senhor presidente não será afastado porque a Câmara e o Senado está sem moral para agir sendo assim todos darão as mãos para salvar a própria pele.

A ex-presidente Dilma Rousseff também está citada na lista do ministro Edson Fachin. Dilma, mesmo fora do governo, continua viajando com dinheiro público conforme aconteceu na última semana ocasião que foi palestrar na Harvard, nos Estados Unidos da América.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *