,

PF estoura mansão e encontra 500 mil dólares

O trabalho conjunto entre a Polícia Federal, Polícia Civil e a Polícia Militar resultou na descoberta de uma mansão que servia de esconderijo para um dos homens mais procurados pela Justiça. O líder do PCC, Erik da Silva Ferraz, trocou tiros com a polícia e acabou morto em Maceió.

Erick estava foragido e foi localizado depois que a polícia realizou um trabalho de inteligência tendo rastreado seu esconderijo.

A Polícia estava investigando suspeitos de envolvimento com o tráfico internacional de drogas que faziam a lavagem de dinheiro para a quadrilha. No momento da troca de tiros mais quatro pessoas foram presas.

Na casa de um dos laranjas de Erik os policiais encontraram US$ 500 mil em espécie.

A Polícia Federal informou que vai rastrear a origem do dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *