,

PGR denuncia Temer, Padilha, Moreira, Cunha e Geddel. É uma “quadrilha”

A Procuradoria-geral da República apresentou mais uma denúncia gravíssima com provas incontestáveis contra o presidente Michel Temer, Eliseu Padilha, Moreira Franco, Eduardo Cunha e Geddel Vieira Lima. Dois dos cinco denunciado já estão presos junto com Eduardo Henrique Alves, outro ligado ao núcleo de corrupção do PMDB.

Crimes graves

Segundo o que foi denunciado o grupo operou um forte esquema de recebimento de propinas através de fraudes em contratos firmados entre a administração pública e empresas. A denúncia da PGR aponta que a Petrobras, Furnas, Caixa Econômica Federal e até a Câmara dos Deputados foram órgãos utilizados como meio para obtenção de vantagens.

Janot ainda aponta outro crime como obstrução da justiça por meio de pagamento a Lúcio Funaro, delator do esquema do PMDB, para manutenção do silêncio.

Michel Temer é acusado de instigar Joesley Batista a pagar, por meio de Ricardo Saud, vantagens a Roberta Funaro, irmã de Lúcio Funaro. Os três são denunciados por embaraçar as investigações de infrações praticadas pela organização criminosa. Apesar da tentativa, Lúcio Funaro firmou acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República, que foi homologado pelo Supremo Tribunal Federal, e as informações prestadas constam da denúncia.

Vai para o STF

Agora a denúncia segue para apreciação do Supremo Tribunal Federal que enviará ao Senado Federal para que uma comissão aprecie o caso e julgue se caberá ou não medida autorizativa para encaminhamento do relatório à Câmara dos Deputados.

Temer conseguiu suspender a primeira denúncia por meio de articulação político com pagamento de emendas e cargos aos parlamentares. Ocorre que o presidente não cumpriu o acordado na primeira vez. Há quem garanta que não exista segurança para barrar uma segunda investigação.

Um Comentário

Leave a Reply
  1. Só está faltando a retratação dos corruptos, porque indícios e provas sobram! Se todos os depoimentos forem confrontados (tarefa árdua), sobrarão razões para colocar essa camarilha toda na cadeeia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *