,

Polícia Federal prende mais um criminoso e amigo de Michel Temer

A Polícia Federal retirou de circulação mais um criminoso do PMDB e amigo de Michel Temer. O ex-governador André Puccinelli (PMDB) comandava um esquema de corrupção no estado do Mato Grosso do Sul que desviou, de acordo com o MPF, mais de R$ 230 milhões. O dinheiro roubado através de contratos fraudulentos para obras de asfaltamento serviu para enriquecer a família Puccinelli.

Quadrilhão do PMDB

A quadrilha liderada pelo amigo de Michel Temer também contava com o filho do ex-governador. O advogado André Puccinelli Junior, segundo as investigações, participava nas falcatruas promovidas pelo pai.

Os procuradores apontam que o esquema articulado pelos quadrilheiros fraudava contratos de obras, superfatura preços, fazia aquisições fantasmas e concedia créditos fiscais com objetivo de obter pagamento de propina.

A sofisticação da quadrilha na prática criminosa impressionou os investigadores. O dinheiro roubado era lavado através de empresas legais e supostas aquisições para esconder a origem ilícita. Foi necessário um trabalho meticuloso para chegar nas provas que corroboram a prática ilícita envolvendo o ex-governador do Mato Grosso do Sul, seu filho e agentes públicos.

É mais um amigo de Michel Temer e filiado do PMDB preso numa operação federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *