,

Políticos gastam R$ 152 milhões com passagens aéreas

As quatro maiores empresas que operam voos no Brasil faturaram somente com os ministros, deputados e senadores algo como R$ 152 milhões. LATAM, GOL, AVIANCA e AZUL  comemoram o alto faturamento com a emissão de bilhetes através do chamado “cotão”, rubrica destinada a compra de passagens para ministros e políticos.

Todas essas passagens foram adquiridas sem licitação o que impede estabelecer o melhor preço para oferecimento do serviço.

A LATAM, empresa que adota critérios diferentes para bagagem de mão, foi a que mais lucrou com os parlamentares. O ganho é de R$ 67 milhões.

A GOL vem em segundo lugar com um faturamento de R$ 48 milhões. AZUL e AVIANCA dividem a última posição porém com uma boa quantia no caixa. Cada uma vendeu R$ 18 milhões.

É muito dinheiro público gasto com viagens de parlamentares.

Se for comparar o número de notas fiscais que cada parlamentar apresentou para movimentar todo esse dinheiro, podemos afirmar que cada um teve que apresentar 557 notas fiscais. É uma empresa de grande porte em operação mas que só gera despesas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *