,

Por que outras mães presas não cumprem prisão domiciliar?

Mães pobres e presas estão encarceradas

A mulher de Sérgio Cabral ganhou benefício da Justiça tendo o privilégio de cumprir prisão domiciliar para cuidar dos filhos. Adriana Ancelmo estava presa em Bangu e foi pra casa nesta sexta-feira (17) após o juiz suspender a prisão preventiva e convertê-la em domiciliar.

A intenção da Justiça Federal pode ter sido a de preservar a educação dos filhos. Entretanto, a decisão provocou indignação na população em todo país. O caso de corrupção envolvendo Sérgio Cabral é escandaloso.

O povo questiona  o motivo de outras mulheres que estão presas e têm filhos que ficaram em casa não terem o mesmo privilégio.

Adriana Ancelmo sabe que terá que ficar em casa, sem telefone e sem internet. Outra dúvida provocada na população: quem fiscalizará isso?

A revolta provocada no povo tem sua origem nos atos de corrupção praticados por Sérgio Cabral, sua esposa e demais comparsas que desviaram bilhões em reais dos cofres públicos do Rio de Janeiro.

7 Comentários

Leave a Reply
  1. Com quem os filhos dela ficavam, quando ela ia pras europas se esbaldar em jantares e esbornia com o nosso dinheiro? Deveriam entrega-los ao Conselho Tutelar como fazem com os filhos das presas pobres. Que escarnio. E além do mais ficar sem internet, celular ou qq outra coisa…. não representa nada pressa ladra. As presas pobres ficariam até sem comida pra ficar perto de suas crias.

  2. Realmente é muita decepção nas atitudes que são tomadas em favor de quem rouba do povo brasileiro. Roubaram, fizeram tudo o que puderam, prejudicando e endividando o estado do RJ. Agora precisa ir para casa cuidas dos filhos. Pergunto é as outras mães por serem pobres, os filhos não precisam delas. Só no Brasil, muito triste.

    • A revolução francesa, a revolução russa, as duas guerras contra a Alemanha e as que se seguiram… são coincidências que deixaram o mundo, inclusive o judiciário, mais vermelho. Toda alma sabe por que o inferno, os lupanares e o comunismo não são verdes.

      vide ainda no Google: – Ladrão liberto devido aos “direitos humanos” dos filhos

      • Ninguém necessita de leis para promover a HISTÓRIA a não ser que esteja tentando proteger uma mentira. Muitas das questões supracitadas encontram-se mais pormenorizadas nos comentários da reportagem no google ‘ADEUS A ZÉ TRINDADE, O BARBEIRO MAIS FAMOSO DE CURITIBA’. A verdade vence, mas só pode vencer se for dita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *