,

Portugal vai entregar esquema de Lula em banco falido

Lula é alvo da Operação Marquês que corre em Portugal

O Banco Espírito Santo (BES) que fica em Portugal faliu e uma fortuna foi deixada para trás numa conta que segundo autoridades portuguesas pode pertencer ao ex-presidente Lula. Os investigadores suspeitam que os 40 milhões de euros (R$ 153 milhões) esquecidos na conta do BES pode ser parte de um esquema para ajudar na compra da Oi pela Portugal Telecom.

A operação financeira para aquisição da Oi pela companhia de telecomunicações portuguesa ocorreu durante o governo Lula.

O ex-presidente do Banco Espírito Santo disse aos procuradores portugueses que pagava propina mensal ao braço direito de Lula no Brasil, o ex-ministro José Dirceu. Segundo depoimento de Ricardo Salgado aos procuradores, Dirceu recebia R$ 100 mil em propinas todo mês.

A mesada mantida pelo português para José Dirceu era pela ajuda que ele fornecia na aquisição da Oi pela Portugal Telecom.

Há fortes suspeitas que a fortuna abandonada em uma “conta jumbo” seja de origem ilícita. Esse tipo de conta não permite a identificação dos titulares.

O Ministério Público Português abriu em conjunto com autoridades federais a Operação Marquês que investiga a participação de políticos petistas, inclusive Lula, em um mega esquema de corrupção naquele país.

Mais uma aberração que envolve o Brasil na pessoa de seu ex-presidente e ministros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *