,

PT e PMDB roubaram mais de R$ 102 bilhões

O PMDB é o sócio número 1 do Partido dos Trabalhadores no quesito “desvios de recursos públicos do Brasil”, o que é não é nenhuma novidade. Lula e Michel Temer possuem laços inseparáveis na efetivação de um plano que envolvia o Brasil numa coisa maior que seria a tomada da América Latina pelo regime de Fidel Castro.

A ideia de ambos, Lula e Temer, ainda não foi adiante porque o Brasil resiste através da operação Lava Jato que a cada semana traz novos escândalos e personagens.

BNDES colocou dinheiro público na Venezuela

Somente na Venezuela o Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) colocou US$ 865 milhões. A Odebrecht foi a empresa utilizada para a saída do dinheiro público brasileiro e sua ida para o território do ditador Nicolás Maduro. Ninguém sabe ao certo se de fato a obra custara a fortuna que foi aportada.

Essa é apenas uma das obras financiadas pelo Brasil nos governos Lula e Dilma, com a participação do PMDB, via Michel Temer e seus apadrinhados, onde o BNDES colocou muito dinheiro.

O planejamento interno para obras de suma importância para o Brasil foi deixado de lado. Os R$ 102 bilhões previstos para infraestrutura jamais foram aplicados internamente.

O Globo fez levantamento onde constatou que diversas obras foram abandonadas, como é o caso do aeroporto em Campinas, no estado de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *