,

REDE aponta irregularidade em votação no TSE e pede anulação

A Rede Sustentabilidade entrou na tarde desta segunda-feira com um pedido de anulação do julgamento que absolveu a chapa do peemedebista e da antecessora, Dilma Rousseff (PT), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o partido da ex-senadora e presidenciável Marina Silva, os ministros devem avaliar se foi correta a decisão de quatro dos sete ministros do TSE em descartar as provas oriundas das delações de executivos da Odebrecht à Operação Lava Jato.

“A ação foi proposta com base no art. 992 do Código de Processo Civil de 2015 e do art. 161, inciso III, do Regimento Interno do STF e pede a realização de um novo julgamento”, diz a nota, divulgada pelo partido.

Sem tais elementos, votaram a favor da absolvição da chapa Dilma-Temer – acusada de abuso de poder econômico em ação ajuizada pelo PSDB EM 2014 – os ministros Gilmar Mendes, Napoleão Nunes Maia, Admar Gonzaga e Tarcisio Vieira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *