,

Sem recursos, CAIXA ECONÔMICA FEDERAL aplica o “golpe”

A Caixa Econômica Federal está sem recursos para manter compromissos assumidos com clientes que procuraram o banco para financiamento de imóveis. Quem ganhou a carta de crédito corre risco real de perder o imóvel caso não entregue mais dinheiro ao banco que mudou as regras no meio do negócio.

Antes o banco pedia 30% do valor do imóvel financiado para liberar a compra. Uma nova regra entrou em vigor recentemente exigindo dos clientes que paguem 50% do valor da residência a ser financiada sob risco de perder a compra.

Quem não conseguir aumentar o valor da entrada dentro do prazo de 30 dias estabelecidos pela CEF perderá a compra do imóvel usado.

Centenas de compradores que fecharam negócio com o banco antes da data de mudança, em 25 de setembro, estão sendo prejudicados porque foram enquadrados pela Caixa nas novas regras que determinam 50% de entrada.

Vários clientes que se mudaram para o novo imóvel estão temerosos porque não têm dinheiro para completar o restante que falta dos 50% exigidos pelo banco. Se não pagarem terão que ser despejados do imóvel.

Nos grupos de WhatsApp o desespero dos clientes após a CEF mudar as regras de financiamento de imóveis.

 

CEF não tem dinheiro

O mercado imobiliário e de financiamento de imóveis tomou um susto com as medidas adotadas pela Caixa Econômica Federal nos últimos meses. O banco suspendeu a linha pró-cotista do FGTS impedindo juros mais baratos no crédito. Criou limites mensais para liberação de crédito. Não reduziu os juros diante dos cortes da taxa SELIC. Perdeu a lideranças de taxas mais baratas.

É o sinal de que a CEF está quebrando as pernas.

Um Comentário

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *