,

Sorveteria usada para desvio de dinheiro da Saúde

Você já imaginou uma sorveteria de fundo de quintal emitir nota fiscal para serviços de Saúde? Isso é possível o Brasil. No Maranhão a Polícia Federal descobriu um mega esquema de corrupção envolvendo o governador Flávio Dino (PcdoB), secretários estaduais e empresários.

A operação Pegadores deflagrada nesta sexta-feira (17) pela polícia deixou muita gente assustada no Palácio dos Leões, sede do governo. Os envolvidos eram considerados intocáveis a ponto de envolver uma sorveteria no esquema de corrupção para desviar dinheiro da saúde.

Numa fraude contábil feita da noite para o dia uma sorveteria passou a ser gestora de serviços públicos na área de Saúde. Notas fiscais emitidas pela sorveteria formam o montante de R$ 1.254.409,37.

Em nota a Polícia Federal informou que o total de recursos desviados até o momento ultrapassa R$ 18 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *